Arch Linux: Leveza e simplicidade

88 Comentários

O Arch Linux é uma distribuição Linux com sua primeira versão lançada em março de 2002 por Judd Vinet. Seus ideais são diferentes das distribuições que estão atualmente no topo: simplicidade de utilização no Arch Linux significa fazer o usuário aprender por si só como mexer no sistema, da maneira mais natural possível, e não encher a distribuição de ferramentas que escondem do usuário o real funcionamento do Linux. Segue bem o princípio KISS (Keep It Simple, Stupid), ou “Deixe isto simples, estúpido“.

Arch Linux developers and users believe that trying to hide the complexities of a system actually results in an even more complex system, and is therefore to be avoided

Em uma tradução livre, “Os desenvolvedores e usuários do Arch acreditam que tentar esconder a complexidade de um sistema acaba resultando em um sistema mais complexo ainda, o que deve ser evitado“.
Arch Linux

Como a distribuição evita ferramentas automatizadas de configuração, assim como o Slackware, ela é recomendada para usuários mais experientes em Linux e que conheçam seu próprio hardware, para que as configurações sejam feitas com sucesso. Apesar disso, uma característica que me impressionou foi a seguinte: os arquivos de configuração são extremamente bem comentados (e esse é um ponto forte da distro), o que significa que um usuário que não tenha preguiça de ler e saiba pelo menos o básico de inglês, provavelmente não terá problemas. A documentação é disponibilizada por meio da wiki oficial. A tradução da documentação é feita por usuários da comunidade brasileira do Arch.

Primeiras impressões

Logo ao fazer o download da distribuição, o usuário já encontra novidades. Não existe um LiveCD com tudo pronto e todos os softwares essenciais para que o sistema seja utilizado “normalmente”: ou você baixa o core, com os pacotes básicos da distribuição, ou baixa o ftp, com o mínimo para que uma instalação pela web seja feita. É importante lembrar que os “pacotes básicos” não incluem ambientes desktop ou interfaces gráficas: é tudo instalado na mão, após a instalação do básico. Justamente por esse motivo, o Arch não é lá muito recomendado para usuários dotados de conexões lentas com a internet, ou impacientes que não aguentam ficar vários minutos (ou até horas) na frente de um computador.

Outra novidade e, talvez, um ponto forte, é que, no Arch, não existe esse negócio de versão de distribuição. Os CDs disponíveis para download no site oficial apenas representam o estado atual de desenvolvimento da distribuição. Não importa se você baixou a ISO mais recente ou uma ISO um pouco mais antiga: com apenas um comando (que será abordado posteriormente), você tem um sistema totalmente atualizado. É ou não é legal?

Instalação

Na instalação, em modo texto, é possível ver o que o instalador está fazendo. Baixando pacotes, detectando dispositivos… Tudo isso pode ser feito trocando-se de terminal, geralmente para o vc/5. Após a instalação, o que se tem é uma base rápida e estável de softwares. Uma das vantagens de se instalar pela internet é obter todos os pacotes atualizados. Assim, você não se preocupa muito em atualizar o kernel cinco minutos depois de iniciar pela primeira vez o sistema.

O maior problema para os iniciantes é justamente o medo do modo não-gráfico: o Arch não vem com o servidor gráfico X e deixa uma livre escolha para que o usuário escolha seu ambiente ou interface gráfica, seja ele KDE, GNOME, Xfce, Fluxbox, Enlightenment, WindowMaker ou outra das dezenas existentes. Atualmente, não é mais necessário configurar o Xorg manualmente.

O Pacman é o gerenciador de pacotes padrão do Arch Linux, com controle de dependências. Provavelmente você terá alguns probleminhas indesejados com os acentos no seu teclado, assim como eu tive, mas nada que uma pesquisa rápida na wiki da distribuição não resolva o problema.

Antigo 'Hardware Detect' do Arch Linux - hoje, não é mais utilizado

Antigo 'Hardware Detect' do Arch Linux - hoje, não é mais utilizado

Um pequeno diferencial do Arch é o arquivo /etc/rc.conf, um dos arquivos mais importantes da distribuição, que armazena algumas configurações básicas, como o fuso horário, o layout de teclado e os daemons carregados durante a inicialização. O arquivo também é bem comentado e diz o que cada linha faz, para não deixar o usuário perdido.

Gerenciamento de pacotes

O Pacman é o gerenciador de pacotes padrão do Arch Linux, desenvolvido por seu criador, Judd Vinet. Bastante poderoso, o Pacman instala, remove, atualiza e faz downgrade de pacotes, com resolução automática de dependências. Como o Arch Linux utiliza um conceito bastante interessante, de não possuir versões de distribuição, basta fazer o Pacman atualizar todo o sistema para a última “versão” com apenas um comando, o pacman -Syu. Preocupações com possíveis perda de dados ou configurações problemáticas numa atualização de pacotes praticamente não existem.

Os repositórios também são um pouco diferentes. Ao invés dos tradicionais main, free e non-free de distribuições baseadas em Debian, o Arch utiliza apenas dois repositórios principais:

  • core, que traz os pacotes principais da distribuição e alguns adicionais, que se limitam em apenas um por função, ou seja, nada de vários players de áudio e editores de texto no repositório core.
  • extra, com pacotes que não são estritamente necessários para a distribuição, como ambientes gráficos (KDE e GNOME), por exemplo.

Existem ainda os repositórios oficiais testing, unstable (disponível apenas para i686), community e release. Mais informações sobre eles podem ser encontrados no artigo da wiki que trata sobre o assunto.

Performance

O Arch Linux é uma distribuição feita do zero, sem relações com RedHat ou Debian, como muitas das distribuições atuais. Os pacotes são compilados para as arquiteturas i686 e x86_64. A distribuição não é pesada, muito pelo contrário, é leve demais. Mas, pelo fato dos pacotes de 32 bits serem compilados para i686, a utilização fica limitada entre usuários com Pentium 2/Pentium Pro ou superior e Athlon ou superior. Ou seja, se você tem um processador mais modesto e prefere uma distribuição leve, mas completa, sem aquelas aberrações de kernel 2.2 e Firefox 1.0-pre, é melhor escolher algo nos moldes do Debian ou Slackware. No entanto, se você tem um processador que atende aos requisitos da versão 32 bits, o Arch utilizará grande parte da capacidade de processamento do seu processador, já que os processadores i686 suportam muitas instruções por ciclo, ao invés de se limitarem em apenas uma instrução por vez. Por conseguinte, os softwares ficam mais rápidos.

Num primeiro momento, o gerenciador de pacotes Pacman me pareceu meio lento para procurar e instalar os pacotes, se comparado com o apt-get do Debian ou até mesmo o urpmi do Mandriva (claro, não tanto a ponto de perder do YaST, mas…). Isso acontece porque o Pacman guarda muitos arquivos pequenos para gerenciar os pacotes, e esses arquivos ficam fragmentados com o tempo. Sabendo disso, o Arch vem com o hack pacman-optimize, que junta todos esses pequenos arquivos num só, em uma área contínua do disco rígido. Assim, como a cabeça do HD não precisará se mover tanto, o gerenciador conseguirá ler os dados mais rapidamente. Basta rodar um pacman-optimize && sync, ter muita paciência e pronto.

O tempo de boot é baixo. Numa configuração low-end, como a mostrada na primeira screenshot, o Arch consegue fazer o boot em tempos de 15 até 20 segundos, contando a partir do Enter no gerenciador de boot (GRUB) até a tela de login. Para efeitos de comparação, o Ubuntu 8.10 faz o boot na mesma configuração de 30 a 35 segundos e o openSUSE 11.0 de 50 a 60 segundos. Como o Arch não carrega muitas ferramentas e scripts automatizados no boot, a inicialização fica mais rápida.

Conclusão

O Arch é uma distribuição para quem precisa de algo leve, rápido e completo e já conhece como o Linux funciona por debaixo dos panos. Os pacotes são bem atualizados e a documentação é bem completa. Todas as dúvidas de configuração que tive na instalação foram resolvidos apenas lendo a wiki.

Após testar e fuçar um pouco, posso definir o Arch como uma distribuição bastante parecida com o Slackware, mas com algumas praticidades não encontradas nesta última. Se o Ubuntu serve melhor os iniciantes (por vezes sacrificando a performance) e o Slackware serve os “mais entendidos” de Linux, o Arch é um meio-termo entre os dois.

Pela sua leveza, simplicidade e robustez, recomendo fortemente um test-drive da distribuição. Com certeza, uma das distribuições Linux que mais gostei no meu tempo de usuário do sistema. Mesmo após quase dois anos da redação original desta análise, o Arch ainda figura como a minha distribuição preferida.

Meu Arch Linux, em fevereiro de 2009

Meu Arch Linux, em fevereiro de 2009

Se você percebeu, só duas screenshots apareceram durante o texto, diferentemente das outras análises de distribuição, que focaram um pouco mais no visual, justamente porque o forte do Arch não está no visual, está na base. Para fins de curiosidade, estou utilizando o Xfce como ambiente gráfico (não, eu ainda não estou a ponto de utilizar uma interface como o Fluxbox).

Artigo publicado originalmente em 9 de fevereiro de 2009 e atualizado posteriormente, seguindo as recentes mudanças da distribuição.

sobre o autor
""
  • http://www.inf.ufsc.br/~guii Guilherme Mac

    Todo mundo fala bem dessa distribuição. Quem sabe algum dia, quando comprar um HD maior, eu instale.

    Usando Firefox 3.0.5 Firefox 3.0.5 em Windows Vista Windows Vista
  • http://www.guiadopc.com.br/ Giulio Ribas

    Cara, muito boa análise. Eu sempre tive vontade de testar esta Distro. O que mais me atrai nela é o sistema Rolling Release, sem precisar ficar aguardando alguns meses para ter um sistema estável atualizado. Uma vez tentei instalar o Arch mas não consegui. Mas vou tentar de novo. Esta matéria me incentivou! :)

    Usando Firefox 3.0.6 Firefox 3.0.6 em Windows Vista Windows Vista
    • http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=15928961493799727266 Joao Pedro

      Instalar o Arch não é tão complicado assim, da uma pesquisada no google ou acessa a documentação do arch

      lembro-me de ter um guia de como instalar o arch aki no meu pc e PDF

      Usando Safari 3.2.1 Safari 3.2.1 em Windows XP Windows XP
      • Soluz

        Achei a instalação fácil, o que fica um tanto mais complicada é a configuração, mas nada que uma boa pesquisada na net e lidas na Wink não resolva. Eu mesmo estou usando o Arch há uma semana, só não achei duas coisas na net, aí tive de perguntar na comunidade do Okut e a um amigo que é Arch user há um mês. Estou amando o sistema, para vocês terem idéia ele está instalado em um Celeron, 256Mb, HD de 40Gb, com o XFCE4 como ambiente gráfico e tudo roda perfeitamente. Escuto e baixo músicas, vejo filmes (não baixo por ser pequeno o HD), uso internet, uso messenger Pidgin numa boa… Está completo!

        Usando Internet Explorer 7.0 Internet Explorer 7.0 em Windows XP Windows XP
        • Soluz

          Esta mensagem aqui é porque a anterior eu enviei lá do trabalho, onde usam IE e rWindows, pior, onde sou obrigado a usar IE e rWindows. Não gostei de terem ficado os ícones destes no final do texto, então, agora ficam os ícones, meus de casa, registrados.

          Usando Firefox 3.6.8 Firefox 3.6.8 em GNU/Linux GNU/Linux
        • rudregues

          eu faria a mesma coisa :lol:
          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          Usando Firefox 3.6.9 Firefox 3.6.9 em Ubuntu 10.04 Ubuntu 10.04
        • http://diariodeumlinuxer.wordpress.com/ Miles Maverick

          Mesma coisa comigo…

          Mudei para o Linux!!!

          Usando Google Chrome 13.0.782.218 Google Chrome 13.0.782.218 em GNU/Linux GNU/Linux
  • Paulo Ricardo

    [...] tentar esconder a complexidade de um sistema acaba resultando em um sistema mais complexo ainda [...]

    Hão de concordar os que já levaram um RTFM/UTFG/STFW/(…) na vida… Ah, claro, eu concordo!

    :P
    :P
    :P

    Usando Minefield 3.2a1pre Minefield 3.2a1pre em Ubuntu 9.04 Ubuntu 9.04
    • http://www.inf.ufsc.br/~guii Guilherme Mac

      Pra usuário comum, leigo, é o contrário, quanto mais esconder melhor, senão assusta muitos :-D

      Usando Firefox 3.0.6 Firefox 3.0.6 em Windows Vista Windows Vista
      • Paulo Ricardo

        Sim, sim… Eu quis dizer "sistema" num âmbito geral mesmo (qualquer coisa que possa ser entendida como sistema). É que trata-se de uma verdade incrivelmente ácida. :P

        Usando Minefield 3.2a1pre Minefield 3.2a1pre em Ubuntu 9.04 Ubuntu 9.04
  • Renan

    Muito legal, pena que essa distro não seja pra mim.

    Usando Opera 9.63 Opera 9.63 em Windows XP Windows XP
    • http://www.inf.ufsc.br/~guii Guilherme Mac

      Nem pra mim, já me acostumei com as facilidades do Ubuntu e com o padrão Debian :-P

      Usando Firefox 3.0.5 Firefox 3.0.5 em Ubuntu 8.10 x64 Ubuntu 8.10 x64
      • DeathCrawler

        Idem.

        Usando Firefox 3.0.6 Firefox 3.0.6 em GNU/Linux GNU/Linux
        • Paulo Ricardo

          Idem. [2] (mais pelo padrão Debian do que pelas facilidades do Ubuntu)

          Usando Minefield 3.2a1pre Minefield 3.2a1pre em Ubuntu 9.04 Ubuntu 9.04
        • Joao

          Idem [3]. O Ubuntu e o Kubuntu me deixaram mal-acostumado.

          Usando Google Chrome 1.0.154.48 Google Chrome 1.0.154.48 em Windows XP Windows XP
        • http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=15928961493799727266 Joao Pedro

          [4] D=

          Usando Safari 3.2.1 Safari 3.2.1 em Windows XP Windows XP
        • Softkey

          Idem[4] As facilidades do Ubuntu nos tornam preguiçosos =D

          Usando Firefox 3.0.18 Firefox 3.0.18 em Ubuntu 8.10 Ubuntu 8.10
      • Soluz

        É, eu estava acostumado também. Usei Ubuntu muito tempo, depois Xubuntu e depois passei para o Debian que, hoje, é mionha distro de trabalho, estando instalada em meu PC principal. Contudo, estou gostando muito do Arch que, se continuar se comportando bem como está, logo pode ser que passe para meu PC principal.

        Usando Firefox 3.6.8 Firefox 3.6.8 em GNU/Linux GNU/Linux
  • DeathCrawler

    Já baixei, só falta a internet decente para eu testar.

    Usando Firefox 3.0.6 Firefox 3.0.6 em GNU/Linux GNU/Linux
    • Joao

      Internet?

      Usando Firefox 3.0.3 Firefox 3.0.3 em Ubuntu 8.10 Ubuntu 8.10
      • Joao

        oops, completando acima: Precisa baixar + alguma coisa, depois da instalação (titando Xfce, GNOME, KDE)?

        Usando Firefox 3.0.3 Firefox 3.0.3 em Ubuntu 8.10 Ubuntu 8.10
        • http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=15928961493799727266 Joao Pedro

          so c voce quiser usar um programa diferente do padrão do arch

          tipo usar o songbird ou um porgrama diferente do padrão do arch

          Usando Safari 3.2.1 Safari 3.2.1 em Windows XP Windows XP
  • Pingback: Guia do PC

  • DDrKPssNgR

    Bom, a instalação é bem simples, recomendo que a pessoa faça a instalação via FTP, porque aí você já instala o sistema todo atualizado. Só deve dá uma lida sobre os arquivos de configurações que existe a necessidade de alteração na instalação, mas a maioria é configuração automática, você vai precisar no máximo adicionar serviços no rc.conf, a lista de mirrors do pacman e o locale-gen, não é dificil, só precisa de uma leitura prévia, caso não tenha intimidade com esses arquivos de configuração do linux.

    Depois é só sair dando pacman -S oquevoceimaginar, o pacman é muito bem feito e rápido, pra mim só perde pro portage (gentoo)…

    Quem não gosta do terminal, tem o gtkpacman e outras GUI interessantes pro pacman.

    Como disseram ali em cima o sistema Rolling Release é a melhor coisa, não é igual o Ubuntu que tem que esperar 6 meses por uma nova versão. Archlinux uma vez instalado, só desinstala se quiser.

    Não gostei do final do tutorial, e acredito que SS's deviam ser postadas para mostrar como o archlinux pode se tornar "amigável".

    Usando Firefox 3.0.5 Firefox 3.0.5 em Ubuntu 8.10 Ubuntu 8.10
    • marcos

      Concordo, mesmo com a alegação do Paulo eu senti falta de screenshots.

      Bota umas SS aí, Paulo!!!!!!!

      abcs

      Usando Internet Explorer 7.0 Internet Explorer 7.0 em Windows XP Windows XP
  • EekTheCat

    Distribuicao realmente muito boa, no site do WINE esta entre as melhores em compatibilidade e performance, enquanto outras distribuicoes mais conhecidas ficam com um simples "Marom" o Arch pega "Dourado" em muitas aplicacoes.

    Mas eu ainda sou mais a Filosofia do Ubuntu, "Linux para seres Humanos" que seria, para pessoas normails. Mas pra quem e nerd realmente vai ficar satisfeito.

    Usando Internet Explorer 8.0 Internet Explorer 8.0 em Windows Vista Windows Vista
  • Ulissis

    Já me acostumei com as facilidades do Fedora e com o padrão Red Hat :D

    Usando Firefox 3.0.6 Firefox 3.0.6 em Fedora 10 Fedora 10
    • Joao

      Sorte sua. Tou levando uma surra do Ubuntu.

      Usando Firefox 3.0.3 Firefox 3.0.3 em Ubuntu 8.10 Ubuntu 8.10
      • Renan

        Também estou levando uma surra no Ubuntu, pois até hoje, quase 2,5 semanas de instalação depois, ainda não consegui configurar a net.

        Usando Opera 9.63 Opera 9.63 em Windows XP Windows XP
      • http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?uid=15928961493799727266Bill, Joao Pedro

        Use biglinux :D

        mas como alguem pode levar surra do ubuntu o.o

        Usando Firefox 3.0.6 Firefox 3.0.6 em Windows XP Windows XP
        • http://diariodeumlinuxer.wordpress.com/ Miles Maverick

          “mas como alguem pode levar surra do ubuntu o.o”

          Só se for um burro né?

          Usando Google Chrome 13.0.782.218 Google Chrome 13.0.782.218 em GNU/Linux GNU/Linux
  • Artrog

    Uso ArchLinux no Desktop e cuido de servidor Debian e CentOS (padrão RHEL). =D

    Usando Firefox 3.0.5 Firefox 3.0.5 em GNU/Linux GNU/Linux
  • Joao

    Excelente análise e distro Linux. Mas, tenho medo de testar ela graças ao meu mnedo do temido Modo Texto.

    Usando Google Chrome 1.0.154.48 Google Chrome 1.0.154.48 em Windows XP Windows XP
  • José

    Já instalei duas vezes, mas a rede sempre desconfigura e ai não tem jeito.

    Usando Mozilla 1.9.2a1pre Mozilla 1.9.2a1pre em Windows XP Windows XP
  • Gustavo

    Excelente artigo; mas poderia colocar mais imagens. Tem muita gente que não usa essa distro por falta de imagens. Ja usei ela por um tempo, super leve, pra que usa pc's antigos com pouca memoria; isso salva a vida do peao.

    abrçs

    Usando Google Chrome 2.0.160.0 Google Chrome 2.0.160.0 em Windows Vista Windows Vista
    • Michael

      O sistema vc customiza como quizer, se colocar um screenshot como o author deixou vão pensar q o sistema só tem uma cara, o que não é verdade…

      (O artigo ficou muito bom, estou me aventurando no arch, até agora suprindo minhas necessidades, e em breve pode virar minha distribuição principal, já que uso o Debian a uns 4 anos. ;- )

      ;-)

      Usando Firefox 3.6.3 Firefox 3.6.3 em Windows XP Windows XP
  • Adao

    "Mas, pelo fato dos pacotes de 32 bits serem compilados para i686, a utilização fica limitada entre usuários com Pentium 2 ou superior e Athlon XP ou superior."

    Qualquer Athlon, desde os primeiros (núcleos Argon, Pluto, Orion e Thunderbird), são processadores compatíveis com o conjunto de intruções 686.

    Então troque esse "Athlon XP" aí do seu texto por "Athlon" simplesmente.

    O Pentium Pro poderia ser usado também, mas por padrão falamos em Pentium II quando queremos nivelar por baixo os modelos de processadores 686, isso porque os Pentium Pro foram muito pouco produzidos e placas para eles são raríssimas. Virtualmente um processador que foi inexistente no desktop.

    Usando Firefox 3.0.6 Firefox 3.0.6 em Windows Vista Windows Vista
  • http://www.guiadopc.com.br/ Paulo Seikishi Higa

    Só respondendo algumas críticas e puxões de orelha sobre a falta de screenshots. :P

    Não achei que valia a pena postar screenshots do Arch, mesmo porque o visual da distribuição é uma questão de escolha de ambiente gráfico. Não existe um ambiente gráfico padrão no Arch, você é quem escolhe.

    O Arch não tem, digamos, um visual, uma identidade própria. Ao instalar o Xfce, ou o KDE, por exemplo, você de maneira alguma verá um wallpaper bonitinho com o logotipo da distro. Os ambientes/interfaces são praticamente inalterados. O Slack usa algo assim: o KDE do Slackware é o mesmo que sai "de fábrica" do projeto KDE. Eles não mudam nada. Nada mesmo. No Arch é a mesma coisa.

    Também não faz muito sentido postar screenshots da distribuição, mesmo porque ela não conta com nenhuma ferramenta de configuração gráfica. ;)

    Mas, só para matar a sede de alguns, postei uma screenshot do meu ambiente Xfce no Arch. :D :P Não tive tempo para personalizar muito o visual, então somente os ícones foram alterados (Oxygen, do KDE 4), e o composite, para sombras e transparência nas bordas das janelas (muito leve, aliás).

    Abraços!

    Usando GranParadiso 3.0.5 GranParadiso 3.0.5 em GNU/Linux GNU/Linux
    • Joao

      Bem, há como adicionar o XFCE + algum outro ambiente, como o KDE, junto no Arch?

      P.S:Paulo, o Mozilla 1.9.0.5 é o Firefox, no Arch?

      Usando Firefox 3.0.3 Firefox 3.0.3 em Ubuntu 8.10 Ubuntu 8.10
      • DarkPassenger

        Sim, se você usar o CD FTP install, ele só instala o core, o suficiente pra você dá boot no sistema, aí você vai e instalando ambiente que quiser, KDE, Gnome, XFCE e etc… Mesmo se usar outros CD's de instalação, pode instalar o que quiser depois, usando o pacman e baixando a versão mais atualizada.

        Aqui tem instruções de instalação e configuração dos principais: http://wiki.archlinux.org/index.php/Beginners_Gui
        PS: Tem versão pt-br da wiki.

        Usando Firefox 3.0.6 Firefox 3.0.6 em Windows Vista Windows Vista
        • DarkPassenger

          Mais uma coisa que esqueci, o Firefox no Archlinux tem o nome de Gran Paradiso (versão alpha do FF3) porque embora o FF seja open source, a marca e os logos não são, e a versão do FF no archlinux possui pequenas alterações.

          Usando Firefox 3.0.6 Firefox 3.0.6 em Windows Vista Windows Vista
  • http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=15928961493799727266 Joao Pedro

    Tentei usar arch, mas não consegui configurar minha adsl speedycomofas/

    o problema do arch, é que ele é muito instavel

    e to com preguiça de usar linux, to jogando muito spore :P

    Usando Safari 3.2.1 Safari 3.2.1 em Windows XP Windows XP
  • valves

    Já conheço o Arch há alguns meses. Já instalei… quase sempre com sucesso. Mas já desinstalei, porque gosto de experimentar outras coisas. Acontece que com a mudança do kernel para o 2.6.28 perdi-me na configuração do .xorg – e não sei se já consigo terminar a instalação (eu sou muito básico, mas gosto de activar o repositório testing – só para tornar as coisas mais difíceis… eh eh)

    Seja como for, das muitas distros que já experimentei, aquela que mexeu mais comigo é o Archlinux: leve, rápida, rolling-release, com uma excelente wiki e com uma curva de aprendizagem interessante. O pouco que compreendo de Linux devo-o ao Arch.

    Gostei da sua análise.

    Usando Firefox 3.0.5 Firefox 3.0.5 em Ubuntu 8.04 Ubuntu 8.04
  • Leandro

    É uma análise considerável, porém vou tomar a liberdade de fazer umas correções aqui.

    "O Arch Linux é uma distribuição Linux criada em março de 2002 por Judd Vinet."

    Não foi criada em 2002, e sim em 2001. 2002 foi o ano da sua primeira release!

    "Não existe um LiveCD com tudo pronto:"

    Meio que errado essa informação, a ISO que você baixa é um LiveCD, sim é um live mas não trabalha da forma como ubuntu trabalha, ele vem apenas NO MÁXIMO com o core.

    "É necessário instalar e configurar manualmente o Xorg, o que não é tão complicado, já que o gerenciador de pacotes Pacman e o hwd (Hardware Detect), desenvolvidos pela comunidade, conseguem fazer boa parte do trabalho."

    hwd inicialmente foi desenvolvido por pessoas ligadas ao desenvolvimento da distribuição.

    Outra informação equivocada: "Desenvolvidos pela comunidade"

    O pacman é e sempre foi desenvolvido pelos desenvolvedores do Arch… E no decorrer do texto você fala: "O Pacman é um gerenciador de pacotes desenvolvido especialmente para o Arch Linux"

    Mais uma vez, equivoco nessa informação, o pacman é desenvolvido pra ser INDEPENDENTE de distribuição, conseguentemente, outras distribuições usam o pacman independente do Arch, e geralmente usam sem precisar de muitas modificações.

    No gerenciamento de pacotes, você falou APENAS do pacman, mas não é só isso… Tente falar sobre o ABS. Arch não se resume em apenas binários, ele trabalha E MUITO BEM COM SOURCES!

    Outra coisa, Arch foi feita do zero utilizando o LFS.

    E faça a correção que um amigo nos comentários falou sobre o Athlon.

    No mais, está tudo tranquilo, não leve a mal as correções são apenas pra passar a informação correta sobre o que a galera fala.

    Usando Google Chrome 1.0.154.48 Google Chrome 1.0.154.48 em Windows XP Windows XP
  • Leandro

    Desculpa os erros de ortografia no outro comentário!

    *equívoco

    *consequetemente

    Happy Arching!!

    Usando Google Chrome 1.0.154.48 Google Chrome 1.0.154.48 em Windows XP Windows XP
  • DarkPassenger

    "Só respondendo algumas críticas e puxões de orelha sobre a falta de screenshots. :P …"

    Bom, o que você falou, está certo, porém isso acaba dando a impressão de que, tudo precisará de que um enorme trabalho e dificuldade pra ser configurado e utilizado e que no final não terá retorno. Quando na verdade você pode instalar o gnome, compiz e etc, (com um simples comando) e ter tantas facilidades quanto o ubuntu, por exemplo, com um desempenho superior, rolling-release e um nome mais bonito =D

    Usando Firefox 3.0.6 Firefox 3.0.6 em Windows Vista Windows Vista
  • Maicon

    Esta distribuição é muito boa. Utilizei ela por um tempo, mas devido a falta de tempo para fuçar tive que remove-la. Uma pena.

    Abraços

    Usando Opera 9.63 Opera 9.63 em Windows Vista Windows Vista
  • Pingback: Paulo Seikishi Higa

  • Rodrigo

    Essa distribuição é muito legal… to usando ela no lugar do debian, rss… Gostei da dica, parabéns!

    Usando Firefox 3.0.6 Firefox 3.0.6 em GNU/Linux GNU/Linux
  • Evaldo

    Caramba! Sou apaixonado pela Debian, mas quando eu conseguir um pc decente, é claro que vou testar esta distro. Já vi umas imagens muito bonitas e também já testei o ambiente xfce no sidux. Olha, artigo muito bom, mesmo pra quem usa Debian com muito gosto. Valeu!

    Usando Iceape 1.1.14 Iceape 1.1.14 em Debian GNU/Linux Debian GNU/Linux
  • http://www.chrisb.com.br Chris Benseler

    Como sei que partir para uma distro menos amigável (nesse quesito de facilitar as configurações) vai me tomar um belo tempo, e ando corrido demais no trampo e freela, estou prorrogando essa migração. Ainda.

    Shame on me!

    Usando Firefox 3.0.5 Firefox 3.0.5 em Ubuntu 8.10 Ubuntu 8.10
  • http://jonathasonline.wordpress.com Jonathas

    é isso ae! Usei Debian por pouco mais de um ano, e no meio do ano passado, resolvi testar o Arch Linux, e estou com ele até agora! Pra mim foi perfeito.. muito mais simples que o Debian, na configuração.. os inits estilo BSD são ótimos também.. o rc.conf facilita tudo..

    Pra mim o Arch foi a perfeita junção do KISS do Slackware com um gerenciador de pacotes (pacman), como o Debian.

    Usando GranParadiso 3.0.6 GranParadiso 3.0.6 em GNU/Linux x64 GNU/Linux x64
  • Jerik

    Arch is so far the Best distro I've tried!

    Usando GranParadiso 3.0.6 GranParadiso 3.0.6 em GNU/Linux GNU/Linux
  • Sergio

    muito boa análise, está linkada pela Arch Linux Newsletter March, 2009
    http://www.archlinux.org/static/newsletters/newsl
    na seção Arch Linux in the Media

    Usando GranParadiso 3.0.6 GranParadiso 3.0.6 em GNU/Linux GNU/Linux
  • http://corvolino.archlinux-br.org corvolino

    Não concordei com algumas coisas – normal isso – mais o review está bem redigido.

    parabéns e viva o arch ;]

    Usando GranParadiso 3.0.6 GranParadiso 3.0.6 em GNU/Linux GNU/Linux
  • Camila

    Por favor alguem me ajude, sou leiga e informática e meu Windons Media player esta dando erro, que vem escrito assim : XUL- Ruwer Error: Platform version 1.9.0.4 not incompatible wich min. version >= 1.9.0.5 max.version<= 1.9.0.5, o que devo fazer não consigo ver nenhum vídeo.
    Obrigada.

    Usando Internet Explorer 7.0 Internet Explorer 7.0 em Windows XP Windows XP
  • http://jonathasonline.wordpress.com Jonathas

    Camila, como diria o Eric Raymond, abra um prompt do MS-DOS, digite "format c:" (sem as aspas), e todos os seus problemas serão resolvidos.. :P

    Usando Firefox 3.0.10 Firefox 3.0.10 em Windows XP Windows XP
  • http://www.gsv8.com icem4n

    Como sempre digo, Arch é linux, o resto é resto :)

    Melhor distro que ja usei.

    []‘s

    Usando Shiretoko 3.5.3 Shiretoko 3.5.3 em GNU/Linux x64 GNU/Linux x64
  • Pingback: Liberación de Distribución: Arch Linux 2010.05 « Gustavo Pimentel's GNU/Linux Blog

  • sandrosfc

    Excelente distro,é a qual uso no momento,maravilha :mrgreen: ,vlw! :grin:

    Usando Google Chrome 5.0.375.86 Google Chrome 5.0.375.86 em GNU/Linux GNU/Linux
  • Renato

    Arch Linux = xD :lol:

    Usando Firefox 3.6.2 Firefox 3.6.2 em Windows XP Windows XP
  • http://twitter.com/felipebruni Felipe Bruni

    Já tem algum tempo que eu parei de testar distros Linux. Continuo gostando do sistema e sempre baixo o Ubuntu nos lançamentos pra ver a quantas anda, mas não consigo mais viver de alternativas. É triste não ter um IM decente, um Skype decente, um player decente… Entra ano e sai ano e fica aquela expectativa de que os desenvolvedores vão olhar para o Linux com outros olhos, mas nunca acontece.
    Enquanto isso me contento com o Windows 7 que tá rodando maravilhosamente bem aqui desde que comprei o notebook em julho de 2009 (o que é um recorde!!!)

    Usando Google Chrome 8.0.552.224 Google Chrome 8.0.552.224 em Windows 7 Windows 7
    • http://guilhermemac.blogspot.com Guilherme Mac

      No meu caso eu também parei de testar distribuições; fiquei com o Ubuntu definitivamente pois ele não só supri minhas necessidades mas também tem soluções definitivas que me faz não só precisar de outro sistema mas também não querer outro.

      Hoje não me vejo ligar o computador e não ver outro sistema.

      Acho que é isso que se chama sistema pronto para suas necessidades e para seu gosto.

      Usando Chromium 8.0.552.224 Chromium 8.0.552.224 em Ubuntu 10.10 Ubuntu 10.10
      • Had

        Mesma coisa aqui.

        Apenas dois sistemas que tenho uma vontade ENORME de testar, nem que seja só por um dia: o Chrome OS, e o Mac OS X. Fora esses, vou ficando com meu Ubuntu 10.04 até 2012 (quando sair outro LTS), é incrível como ele está rodando perfeitamente no meu computador, mais de meses sem travar ou algum problema crítico. Tá perfeito!

        Usando Opera 11.00 Opera 11.00 em Windows XP Windows XP
  • André Machado

    O Arch é legal mas, quando eu o instalei da 1a vez, o GNOME ficava reiniciando aleatoriamente e a tecla . do teclado numérico imprimia , .

    O tempo de boot bate com o que foi dito: meu Ubuntu 10,04 inicia em meu Athlon XP, que é o “equivalente” ao Pentium 4, em 40 segundos, conforme pode ser visto aqui: http://www.youtube.com/watch?v=3LpEChPSB9c e olha que ele tem só 1 núcleo! []‘s

    Usando Firefox 3.6.13 Firefox 3.6.13 em Ubuntu 10.04 Ubuntu 10.04
  • Kleyton

    Eu ainda prefiro meu ubuntu, apesar de eu ainda estar um pouco novo, havia usado por cerca de 7 mêses antes, depois começaram os problemas com codecs, e outras programas simples. Agora voltei novamente e parece que agora está muito melhor.

    Usando Firefox 3.6.13 Firefox 3.6.13 em Ubuntu 10.10 Ubuntu 10.10
  • Luis

    Ainda prefiro opensuse, mais vou testar mesmo assim …

    Usando Google Chrome 9.0.597.98 Google Chrome 9.0.597.98 em GNU/Linux x64 GNU/Linux x64
  • Lus

    Muito boa a matéria !

    Usando Google Chrome 9.0.597.98 Google Chrome 9.0.597.98 em GNU/Linux x64 GNU/Linux x64
  • Oscar

    Isso ai, viva o Linux, e é impressão minha ou o numero de comentários feitos por Linux aumentou aqui no site?

    Usando Firefox 3.6.10 Firefox 3.6.10 em Ubuntu 10.10 Ubuntu 10.10
  • Cleverson

    Sistema Linux é bom por fazer você aprender! O ARch é mais uma distro que vem para melhorar e ampliar o seu conhecimento. Depois de um UBUNTU é legal tentar aprender no ARCH!

    Usando Google Chrome 9.0.597.107 Google Chrome 9.0.597.107 em GNU/Linux x64 GNU/Linux x64
  • Jean Fabio

    Muito bem escrito o seu artigo.Sempre fui obrigado a usar o Windows por ignorância e nao ter quem em ajudasse nos momentos de duvida.atualmente uso o Ubuntu 11.04 e depois de algumas surras que eu levei do meu lap ,estou conseguindo utilizar ele todos os dias e usando cada vez menos o Windows.Linux é. A SOLUÇÃO!

    Usando Safari 5.0.2 Safari 5.0.2 em iPad iOS 4.3.3 iPad iOS 4.3.3
  • Otávio

    Aprendi muito com Arch linux, e muito mais ainda com o Gentoo. Mas no fim das contas, a minha distro preferida é o Arch msm.

    Usando Firefox 7.0.1 Firefox 7.0.1 em GNU/Linux x64 GNU/Linux x64
  • suze

    Muito bom o seu artigo esta de parabéns, hoje eu uso Linux Mint Debian depois de ter começado no Mint 8 , faz muito pouco tempo que uso linux ,fico com medo do modo texto, mas sem sombra de duvidas um dia irei esperimentar esta distro que é o Arch Linux…

    Usando IceWeasel 7.0.1 IceWeasel 7.0.1 em GNU/Linux GNU/Linux
  • Padilha

    Arch tem a leveza do Slackware, com a facilidade de gerenciar pacotes do Ubuntu e além de ser mais atualizado que o Fedora.
    O Arch provavelmente não terá o ponto mais destacado de todos em algo específico, mas fará de tudo com exímia qualidade, e com fortes pontos. Ex. O Pacman.
    Sendo assim, considero o ArchLinux a distro mais equilibrada de todas.

    Legal seu post.

    Parabéns.

    Usando Safari 5.1 Safari 5.1 em iPad iOS 5.0 iPad iOS 5.0
  • Fernando

    Ótimo análise.
    Arch e Gentoo foram as duas melhores distribuições que já usei.
    Prefiro o Arch ao Gentoo pelo fato de que, neste último, os softwares precisam ser compilados de acordo com sua arquitetura, e essa tarefa acaba tomando tempo demais.
    Se puder, experimente o Arch + WMFS. É simplesmente maravilhoso.

    Usando Google Chrome 16.0.912.77 Google Chrome 16.0.912.77 em GNU/Linux GNU/Linux
  • http://www.facebook.com/Sev3rino Henrique Nunes

    Comecei usando Ubuntu, mas como bom “fuçador” passei pelo Slack e por fim estou aqui desfrutando do melhor que a vida pode oferecer… Arch linux, sinceramente não tenho palavras para descrever o quanto aprendi e o quanto estou aprendendo cada vida mais… Uma pergunta como faço para configurar meu cups, pois a impressora no win xp e como disse não tenho tanta experiência, e o ip está mudando, como faço??? Desde já grato pela atenção!

    Usando Google Chrome 17.0.963.56 Google Chrome 17.0.963.56 em GNU/Linux GNU/Linux
  • Rui

    Já usei Mandriva, Ubuntu, Debian, OpenSuse, Red Hat, Mint. Cada distribuição tem pontos fortes e pontos fracos. O Ubuntu e Mint sem dúvida que são as melhores para utilizadores menos experientes. Mas com as recentes modificações nomeadamente Unity e Gnome 3, ficou pior no meu entender. Resolvi dar uma chance ao Arch à cerca de 4/5 meses. E simplesmente já não consigo regressar às outras distros. Não dá. O arch é perfeito. Leve, simples, rápido, poupa energia, posso escolher o ambiente gráfico e os programas que quero instalar. Não tenho que levar com toda a porcaria que vem por defeito nas outras distros. Uso arch com xfce4, e é simplesmente perfeito para uma utilização regular. Contudo, não nego que talvez seja necessarios algumas pesquisas antes de instalar. Mas nada de complicado no fim de contas.

    BTW: óptima review!

    Usando Google Chrome 18.0.1025.151 Google Chrome 18.0.1025.151 em GNU/Linux GNU/Linux
  • jonathan

    boas…

    Usando Firefox 7.0.1 Firefox 7.0.1 em GNU/Linux x64 GNU/Linux x64
  • Gustavo Space

    Gostei muito do que li sobre essa distribuição, estou tentando instalar pela segunda vez, dessa vez consegui o básico ainda não consegui por a interface gráfica pra funcionar estou procurando um material mais claro na internet. Espero em breve conseguir migrar para o Arch, atualmente uso Mint.

    Usando Firefox 11.0 Firefox 11.0 em Ubuntu x64 Ubuntu x64
    • fabio

      Gustavo,

      Em um mês experimentei diversas distribuições para meu notebook. Debian, Arch, Mint, Ubuntu, Fedora e finalmente Arch.
      O Arch é um curso de linux e ao mesmo tempo um bem, ou seja, você manipula tanto ele para instala-lo que acaba por dar valor e não ficando toda hora puxando isos novas para experimentar novas distribuições. Gostei do Arch. Tem seus problemas devido a rápida atualização dos pacotes mas é uma ótima distribuição. Mas se o Debian fosse atualizado eu ainda preferiria ele pela sua estabilidade e entrosamento perfeito dos pacotes.

      Usando Opera 11.64 Opera 11.64 em Linux Mint x64 Linux Mint x64
      • Gustavo Space

        Já estou usando o Arch Linux no notebook com a interface XFCE, realmente foi um desafio no começo mas foi um passo a frente. Estou usando agora no meu desktop uma distribuição baseada no Arch, o Chakra Linux, é impressinante a velocidade do boot e sua estabilidade, é um sistema completo com interface KDE muito bem configurado com um belo visual, acabei desistindo de usar o Ubuntu e o Mint pelos problemas que eles vinham me dando não instalando o grub, travamentos da interface, etc. É uma distribuição com muito potencial recomendo a todos fazerem um teste no Chakra para conhecer outro mundo Linux tenho certeza que não vai ser uma imagem perdida.

        Usando rekonq rekonq em GNU/Linux GNU/Linux
  • fabio

    Porque apareceu Linux Mint 64x??? Eu estou no arch!!!! Donde veio isto?????

    Usando Opera 11.64 Opera 11.64 em Linux Mint x64 Linux Mint x64
  • fabio

    Desculpe, um teste.

    Usando Opera 11.64 Opera 11.64 em GNU/Linux x64 GNU/Linux x64
  • Tsukino

    Tenho muita vontade de usar o arch, só usei o mint até agora!

    Usando Firefox 13.0 Firefox 13.0 em Ubuntu x64 Ubuntu x64
  • Ivanilson

    Uso o Arch a alguns meses, está sendo uma experiência e tanto. Nunca mais pensei em mudar de distro. Posso afirmar que depois desses meses de Arch aprendi muitíssimo sobre como o linux funciona, de modo que eu consigo sempre deixar o sistema do jeito que eu quero, ou seja, rápido e funcional. Atualmente uso o LXDE+Openbox.

    Usando Firefox 16.0 Firefox 16.0 em GNU/Linux x64 GNU/Linux x64
  • http://www.guiadopc.com.br/analises/8739/arch-linux-leveza-e-simplicidade.html MATEUS DE OLIVEIRA GONDIM

    Eu,passei um bom tempo usando o dominador e monopolista “windows”,o que mais odiei nele,foi pelo fato de que ele além de ser pago quando original,ele não dispõe de ferramentas que estão inclusas no próprio shell do Linux e dos BSD(OpenBSD,FreeBSD,NetBSD) e enquando a empresa responsável pela fabricação do sistema operacional windows,na maioria dos casos quando disponibiliza programas softwares tem um prazo de licença,um bom exemplo é o Visual Studio ele é grátis,mas tem um prazo,pra que isso? Temos o trabalho de instalarmos em nosso computadores,e ao se passarem alguns dias o prazo vence e temos que recomeçar tudo de novo!

    Decidi sai do desgraçado do windows,pelo fato de ser carente em aplicativos,quando existem alguns são pagos(e estes são os melhores) e também por ele não ser livre.

    Sou mais me sacrificar por sistemas portadores dos Kernels Linux,OpenBSD,FreeBSD,NetBSD do que para um sistema onde o seu fundador neste momento deva estar dando rizadas de nossas caras.

    Não aconselho saírem do windows,pois se fizerem isso devam estarem cientes do que fizeram,e de preferência procurem usarem uma distribuição poderosa como (Slackware e ArchLinux) eles,nos mostram que o importante não é os aplicativos ,mas sim a capacidade de nos ensinarmos a aprendermos a sermos mais experientes,

    outro fato que sai do windows,é que toda vez que construía programas em C,ele não suportavam acentos,já nas distros Linux podemos resolver isso pelo terminal,bem diferente do inoportunista do windows.Ah lembrando no momento estudo Java,mas a qualquer momento volto para C.

    Usando Google Chrome 24.0.1312.56 Google Chrome 24.0.1312.56 em Windows 7 Windows 7
  • Warley

    Alguém sabe me dizer se ele roda legal em processador 32bit?
    É q eu tenho um note aki e queria instalar e testar nele…ele é um pouco antigo..é um Lenovo T60 com processador Core 2 Duo T2400 ele tem 4gb de ram…Agradeço se poderem me dizer.

    Usando Google Chrome 28.0.1500.72 Google Chrome 28.0.1500.72 em Windows 7 Windows 7
    • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

      Roda tranquilo nessa configuração

      Usando Firefox 22.0 Firefox 22.0 em Windows 8 x64 Edition Windows 8 x64 Edition