Browse By

Como instalar o Windows 7 ou Linux com um pendrive

É um desses que você vai usar.

Instalar um sistema operacional (como o Windows) por meio de um pendrive pode ser bem útil, prático e seguro para você. Seja para formatar um netbook, para manter mais um backup do seu sistema, ou simplesmente para testar mais um deles, sem precisar gastar um CD ou DVD. Então, que tal usar um pendrive jogado por aí para testar o Linux? Ou instalar o Windows 7 naquele computador que ainda insiste no XP?

Preparando o pendrive

HP USB Disk Storage Format Tool

Como usar o aplicativo da HP para formatar o pendrive.

Para evitar problemas e agilizar tudo, você precisa limpar o pendrive que vai receber o sistema, ou seja, formatar ele. E antes disso, você deve fazer um backup, então não se esqueça de copiar tudo que tem lá para um computador (desde que não seja o computador que você vai formatar depois, é claro). Na hora de formatar o pendrive, você até pode usar a ferramenta nativa do Windows ou alguma outra, mas é mais recomendável usar o USB Disk Storage Format Tool, da HP. De qualquer jeito, não se esqueça de escolher NTFS no campo File system caso você queira usar o Windows, ou FAT32 caso você prefira o Linux. Depois, é só clicar em Start, e dentro de alguns minutos, você já tem um pendrive limpo, e pronto para receber o sistema que você quiser.

Windows

Existem várias maneiras de criar um pendrive para instalar o Windows 7, como o WinSetuptoUSB, por exemplo. Mas aqui, usaremos uma criada pela própria Microsoft.

Você vai precisar de um DVD do Windows 7, e de um computador que tenha um drive de DVD (obviamente). Coisas que você já deve ter se comprou um Windows 7 original. E também vai precisar de um pendrive com 4GB ou mais.

A primeira coisa que você deve fazer é criar um arquivo .iso a partir do DVD do Windows 7. Para fazer isso, vale a pena usar o Ultimate ISO Maker. O procedimento dele é bem simples: basta escolher a letra onde está o DVD do Windows, clicar em Create ISO, escolher o nome e o local onde deverá ficar o seu arquivo .iso, e pronto.

Após isso, você vai precisar do Windows 7 USB/DVD Download Tool, da própria Microsoft. Após a instalação dele, que segue aquele padrão que você já mais do que se acostumou no Windows, basta executar o programa, que já até deve ter um atalho na sua área de trabalho.

Não se esqueça de escolher o pendrive certo, hein?

Agora, com o USB/DVD Download Tool aberto, clique em Browse, e escolha o arquivo .iso do seu Windows. Aquele, que você criou antes, lembra? E clique em Next. Na tela que aparece, escolha USB Device. Depois disso, escolha o pendrive por onde você vai instalar o Windows (que nem na imagem acima), e clique em Begin copying.

E pronto, após isso, você já tem um pendrive capaz de instalar o Windows 7. Fácil, não? Só falta fazer uma coisinha para completar. Dá uma olhada em Antes de instalar, lá no fim do post.

Linux

Criar um pendrive com o Linux é ainda mais fácil do que com Windows. E como há uma série de distribuições dele por aí, usaremos o Ubuntu para exemplificar. Mas os passos não são muito diferentes das outras distribuições mais conhecidas. E até os requisitos são menores, já que você só vai precisar de um pendrive com 2 GB ou mais.

Primeiro, você deve baixar o Ubuntu (é só clicar no botão laranja gigante). A gente sabe que esse download não é muito ágil para algumas pessoas, mas não dá para fazer muita coisa aí.

Agora, você deve baixar o Universal USB Installer que, por sorte, não é um arquivo tão grande como o Ubuntu. Após executar ele, e aceitar os termos de uso (que eu tenho certeza que você vai ler com toda atenção), basta escolher, na lista de distribuições existentes na Step 1, o Ubuntu mais recente.

Universal USB Installer

No campo um pouco mais abaixo (o Step 2), você deve selecionar o arquivo .iso que você baixou do Ubuntu. Aquele mesmo, do botão laranja. E por último, no Step 3, escolher a letra referente ao pendrive que você vai usar. Se não souber qual é a letra, é só dar uma olhada no Meu Computador do seu Windows e ver por lá.

Aí, é só clicar em Create, aguardar um pouco, e você já tem um pendrive para instalar (ou testar sem instalar, se você quiser) o Linux Ubuntu. Não foi tão difícil assim, né?

Antes de instalar

No Windows, o início desse processo é bem facilitado: basta executar um arquivo que está logo na raiz do seu pendrive: o setup.exe, caso você esteja com o Windows 7, ou o wubi.exe, no caso do Ubuntu. As instruções logo aparecem na tela. Mas, se por algum motivo você não puder fazer isso, sempre há outra forma.

Primeiro, inicie o computador, com o pendrive plugado. Naquela tela preta, que aparece quando você inicia o computador, deve aparecer alguma inscrição como “Press XXX for Boot Menu“, “Press XXX for Setup” ou “Press XXX for BBS POPUP“. Essa tecla varia, mas geralmente é Esc, F12, F11 ou F8.

Uma tela de boot como exemplo, onde o Boot Menu é acessível pelo Esc.

Então, fique apertando essa tecla repetidamente, até aparecer uma lista na tela. Dentre essa lista, procure por algum item USB-HDD, o nome do seu pendrive, ou o que tiver de mais parecido com USB por lá. Escolha esse item, e o sistema deve começar a carregar.

Aí, você já sabe o que fazer. Se não, que tal dar uma olhadinha em alguns posts do Guia? Aqui, a gente ensina como instalar o Windows 7 ou o Ubuntu, o que você preferir.

Todo esse processo deve funcionar na maioria dos computadores. Se não pegar por aí, que tal avisar nos comentários? Só não se esqueça de detalhar o seu caso, e se possível, dizer qual é o modelo da sua placa-mãe.

E se tudo deu certo, você nunca mais vai ficar preso a um sistema porque o drive de CD está indisponível. Então, aproveite!

  • http://webpratica.xpg.com.br isaac metzker estrela

    nossa colocar o windows 7 no pendrive da pra fazer facilmente pelo dos. pra que isso tudo?
    e no ubuntu mesmo tem o criado de discos de inicializaçao que faz isso tranquilex programaiada sem sentido

    • http://paulohiga.com/ Paulo Higa

      1. “Facilmente” e “DOS” (na verdade é prompt de comando, o DOS morreu) não podem ser usados na mesma frase, a não ser que estejam separados por um advérbio de negação.
      2. O Universal USB Installer vale para a maioria das distribuições Linux.

      😛

      • http://webpratica.xpg.com.br isaac metzker estrela

        Eu disse que eu faço pelo DOS é para estar ao nível dos 95% dos usuários leigos do forum guia do pc, que não sabem oque é prompt de comando.

        • http://rodrigo.konther.tk Rodrigo Konther

          Então, esses mesmos usuários leigos que não saberiam o que é prompt de comando dificilmente conseguiriam decorar os códigos usados nele pra fazer isso por lá. Daí, fica mais fácil usar as ferramentas que a própria Microsoft dá.

        • http://webpratica.xpg.com.br isaac metzker estrela

          quem falou em decorar o google ta ai para isso.

        • Paulo Cesar

          Legal, não sabia que existia comandos pelo prompt.
          Pode me indicar onde temos esses comandos? Estava procurando por aqui mas não encontrei ainda, se for possível, posta aqui.

        • http://webpratica.xpg.com.br isaac metzker estrela

          terei o maior pazer de faze-lo na area certa abra um topico la no forum de respostas

  • http://facebook.com/opteron Opteron

    Obrigado pela dica!!!

  • Anderson

    Eu tenho um Pendrive com o instalador do Ubuntu e outro com o instalador do Windows 7, estou pra criar um Pendrive com o boot dos 2 + do XP, ainda não tive “tempo” (saco na verdade rs), é uma solução ótima! 😉

    • http://webpratica.xpg.com.br isaac metzker estrela

      e dependendo do tamanho do pen drive da pra mais eu tenho aqui win xp, hiren’s boot, ubuntu e windows 7 no mesmo pen com o grub na mbr para fazer o gerenciamento tudo isso em um pen de 8GB

  • Eden

    Boa dica, formatei a ultima vez usando um pen drive, muito mais prático.

    • Marco Antonio de Castro

      Fugindo um pouco do assunto: Tenho aqui o ultimo Opera que foi lançado (11.51).
      Pergunto: Onde você arrumou o Ópera 12?
      Desde já agradeço…

  • João Batista

    Eu uso o Ultraiso pra fazer isso tanto para criar com a imagem do windows ou a do linux. Nele vc faz tudo num unico programa, vc cria a imagem nele e grava ela no pen-drive que automaticamente é formatado na hora. Acho que é uma alternativa mais fácil.

  • Leandro de souza

    Eu quando vou instalar uma versão do windows 7 para meus clientes , uso a propria ferramenta da microsoft. Já para o xp, uso o wintoflash que já me quebrou mtos galhos. Para o Linux nao há nada melhor que o uneboot.
    Obs: Alguem sabe como formatar um tablet? É que nunca mexi num so tenho curiosidade…

  • cara legal

    boa dica

  • Marlon Lopes

    Muito obrigado Paulo, essa dica será muito útil pra mim. muito obrigado mesmo.

  • Jorge Raul

    Tentei instalar o seven por esse método…e nada.
    Dá erro no inicio da leitura do pendrive…ou minha placa-mae nao tah legal,ou sei la o que.Fiz o passo-a-passo certinho,mas nada…
    Mas valeu a tentativa!

  • Jorge

    Eu tava com problemas quanto a minha imagem do windows 7, que toda vez que tentava utilizar o programa “Windows 7 USB DVD” falava que meu ISO tava com problema, então não poderia utilizar aquele programa. Fui procurar outro método e consegui, to instalando agora o windows 7 no notebook de minha irmã pelo meu pen drive.
    Foi o método 2 deste link:

    http://pt.kioskea.net/faq/4513-windows-7-criar-um-pen-drive-de-instalacao

    Obs.: Esse método não precisa de programa algum, basta estar utilizando o windows 7 e ter o dvd do windows.

  • Daniel

    cara valeu pela dica (:

  • andre eu sou eu e vc n é eu pois só eu sou eu,entendeu?????

    gostei mas n consegui :(
    vou tetnar dnv 😀 😀

  • luis carlos

    é legal,mas tem jeito de fazer com o MAC?

  • igor

    uau , pensei q ia ser fácil mas finalmente dei conta

  • http://www.ubuntu-games.org cordadeluz

    ALguém pode me responder se é verdade que a bios antes igual e menor que 2004 não reconhece Pen-drives maiores que 4GB?

  • William

    É possível usar qualquer distro Linux ? Quero voltar a usar Debian.

    • Maurício

      Pode sim,a diversos no menu, tanto Debian quanto outros.

  • Juliano

    Otima dicas, adorei o sistema !!! obrigado mesmo