Review: Edubuntu 12.04

26 Comentários

A análise de hoje feita pelo Guia do PC será do Edubuntu 12.04, uma distribuição não tão conhecida como seu irmão Ubuntu, mas muito relevante no ecossistema Linux por pertencer a um segmento de mercado muito particular e importante, o segmento educacional.

Edubuntu integra o projeto Ubuntu. Todo software da distribuição educacional encontra-se nos repositórios Canonical e o próprio Ubuntu pode ser “transformado” em Edubuntu, instalando pela Central de Programas o pacote “Edubuntu”. No entanto, o site da distribuição e a própria distribuição (como instalador separado) é independente e é mantido pela comunidade que ajuda no desenvolvimento do sistema principal da Canonical. A função de criar uma distribuição separada do Ubuntu para download é facilitar quem quiser instalar, não precisando, então, colocar o Ubuntu e somente depois instalar o pacote educacional.

Edubuntu, Linux voltado para educação

Edubuntu, Linux voltado para educação

Entenda, então, que o Edubuntu é o Ubuntu, compartilhando muitos recursos que já foram analisados na review do Ubuntu 12.04 LTS. A análise, portanto, recordará algumas características da análise do Ubuntu, mas seguirá seu próprio caminho. Seria algo desnecessário falar tudo novamente. Poranto, caso não saiba das novidades do Ubuntu 12.04 LTS, base do Edubuntu 12.04, é fortemente recomendado que dê uma olhada na review do dia 30 de abril, clicando aqui:
http://www.guiadopc.com.br/analises/25156/review-ubuntu-12-04-lts.html

Vamos à análise?

Aonde ir para baixar?

Assim como o seu irmão Ubuntu, o Edubuntu é grátis, e pode ser baixado no site oficial de forma direta ou por torrent, aqui:
http://www.edubuntu.org

Aliás, sempre baixe pelo site oficial. É uma recomendação que por vezes pode passar-se por boba, mas muito importante para a segurança. Nunca é possível saber se em um site desconhecido alguém não fez alguma modificação que comprometa o sistema de alguma forma.

Outro lugar possível para conseguir é requisitando um DVD de instalação em lugares recomendados:
http://www.edubuntu.org/marketplace

Instalação

A instalação é simples, como é característica de sistemas da família Debian – quem não sabe, a série de distribuições Ubuntu são baseadas no Debian. Ninguém precisa saber absolutamente nada de Linux ou mesmo saber muita coisa de informática. Eu diria que para instalar o Edubuntu basta ser alfabetizado e em qualquer língua, pois o instalador é multi-idioma.

Porém, há um diferencial do Edubuntu em relação ao Ubuntu na instalação. A diferenciação ocorre logo no início. O Edubuntu permite escolher o Gnome 3 com Gnome Shell como padrão do sistema, deixando a interface Unity como secundária.

Também há opção para instalar o LTSP, que fará o sistema um servidor padrão de uma rede de terminais. Esse detalhe será comentado mais abaixo.

Edubuntu 12.04

Gnome 3 e LTSP podem ser instalados logo no começo

Mas talvez o ponto mais importante da instalação seja as subdivisões que permitem a especialização do Edubuntu.

Especialização do Edubuntu instalado

Na instalação, será pedido para escolher a série de pacotes de programas no qualquer o sistema será voltado. Essa opção de escolha é, sem dúvidas, a escolha mais inteligente dos mantenedores do sistema, pois permite escolher o público alvo.

O Edubuntu pode dividir-se em: Pré-escolar (preschool), Ensino Fundamental (primary), Ensino Médio (secondary) e Ensino Superior (tertiary).

Então o sistema a ser instalado pode ser voltado para crianças em idade pré-escolar ou para adultos, cursando faculdade. Isso é fundamental para evitar uma bagunça de aplicativos. Não faria sentido alguém do ensino médio tendo a disposição também, sem utilidade, programas de pré-escola.

Em laboratórios de informática, a múltipla é excelente, pois poderá ser escolhido todos os pacotes, para computadores compartilhados com todos esses públicos, ou só alguns, como por exemplo, ensino médio e ensino superior.

Edubuntu 12.04

Escolha a instalação compatível com você ou seu público alvo

Programas

Programas como Mozilla Firefox, o pacote de escritório LibreOffice, o mensageiro Empathy e outros programas padrões de qualquer distribuição, obviamente, já vem no Edubuntu. Mas em relação os específicos, voltados para educação, esses programas instalados serão, portanto, de acordo com a especialização feita na instalação.

Na versão “Pré-escolar”, os aplicativos serão simples, para exercitar a imaginação e o raciocínio, compatível com crianças pequenas.

Um exemplo é o Tux Paint, para desenho. Ele não é igual ao Paint, do Windows. Sua interface é simplificada, com grandes botões e com um visual para agradar as crianças.

Outro, é o GCompris, que contém jogos lúdicos. O aplicativo ensina crianças a começar a operar um computador, usando o teclado e o mouse. E trabalha o cérebro, fazendo crianças aprenderem brincando matemática, leitura e muitas outras coisas.

Edubuntu 12.04 - GCompris

GCompris, para crianças aprenderem brincando

A lista completa de aplicativos é (sendo que cada um tem sua descrição na Central de Programas ou aqui):

  • Blinken
  • Gamine
  • GCompris
  • Kanagram
  • Khangman
  • Ktuberling
  • Tuxpaint

Na versão “Ensino Fundamental”, os programas serão um pouco mais elaborados e voltados para crianças de 6 até 12 anos, geralmente. Um software educacional interessante, neste pacote, é o KBruch, que auxilia no aprendizado de frações. Com ele é possível fazer exercícios e servir como ferramenta de ensino para pais e professor, por conter exemplos visuais e interatividade com fórmulas.

Edubuntu 12.04 - KBruch

KBruch auxilia no aprendizado de frações

Existe até, já para esse tipo de público, uma ferramenta chamada KTurtle, que ajuda no ensino de lógica de programação – infelizmente não existe Telis no Edubuntu.

A lista completa deste pacote é bem grande:

  • Celestia
  • GCompris
  • Kalzium
  • Kanagram
  • KBruch
  • Khangman
  • Kig
  • KMplot
  • Ktouch
  • Ktuberling
  • Kturtle
  • Kwordquiz
  • Laby
  • Lybniz
  • Marble
  • Parley
  • Ri-Li
  • Stellarium
  • Step
  • Tuxmath
  • Tuxpaint
  • Tuxtype

Para o segmento “Ensino Médio”, existe o Calibre, um gerenciador de livros, que organizada toda sua biblioteca digital e lê em formatos MOBI, LIT, PRC, EPUB, ODT, HTML, CBR, CBZ, RTF, TXT, PDF e LRS.

Outro programa excelente, é o Kalzium. Ele é uma tabela periódica completa, com informações detalhadas de cada elemento químico, incluindo a distribuição de elétrons nas camadas e a própria estrutura molecular em 3D. É uma ferramenta que poderia ser usada em sala de aula.

Edubuntu 12.04 - Kalzium

Kalzium, uma ferramenta para o estudo da química

Os programas que compõem o pacote “Ensino Médio” são:

  • Calibre
  • Celestia
  • Dia
  • Inkscape
  • Kalzium
  • KBruch
  • Kig
  • KMplot
  • Ktouch
  • Ktuberling
  • KTurtle
  • Kwordquiz
  • Laby
  • Lightspeed
  • Lybniz
  • Marble
  • Melting
  • Parley
  • Pencil
  • Ri-Li
  • Stellarium
  • Step

E finalmente, para os universitários, o Edubuntu disponibiliza aplicativos ideais para o ambiente de pesquisa da graduação e pós-graduação. O pacote “Ensino Superior” não faz do Edubuntu um concorrente do Scientific Linux, uma distribuição desenvolvida pelo CERN e Fermilab. Edubuntu vai ser usado em um contexto genérico, de desktop não tão especializado, diferentemente do que acontece com o sistema de alto desempenho mantido pelos maiores laboratórios de pesquisa do mundo.

Todos os programas contidos no pacote para Ensino Superior existem na versão do Ensino Médio, com exceção de um, o Yorick.

Yorick, apesar de possuir o mesmo nome do comediante falecido citado por Shakespeare na peça “Hamlet”, não tem nada de bobo. Ele usa uma linguagem de programa para fins científicos. De acordo com a descrição contida na Central de Programas, o pacote é descrito como:

Yorick é uma linguagem de programação interpretada para:

  • Simulações ou cálculos científicos;
  • Pós-processamento ou condução de grandes códigos de simulação;
  • Gráficos científicos interativos;
  • Leitura, escrita e tradução de grandes arquivos de números;

A linguagem apresenta uma sintaxe compacta para muitas operações comuns de matrizes, então ele processa grandes matrizes de números muito rapidamente e com eficiência. Superficialmente, o código do Yorick lembra código C, mas variáveis do Yorick nunca são explicitamente declaradas e têm um escopo dinâmico similar a muitos dialetos Lisp. A linguagem Yorick é desenhada para ser digitada interativamente ao teclado, bem como armazenada em arquivos para uso posterior.

Edubuntu 12.04 - Yorick

Yorick, uma ferramenta científica / Imagem: Central de Programas do Edubuntu

Desempenho

O Edubuntu consome poucos recursos da máquina, assim como o Ubuntu original. Assim que inicia, o Edubuntu requisita 350 MB de memória RAM, um pouco mais que os 256 MB do Ubuntu. A razão são os recursos extras da distribuição voltada para educação.

Consumo do Edubuntu

Consumo do Edubuntu

De resto, o desempenho é idêntico à sua base. Leia a análise do Ubuntu 12.04, para ter uma ideia:
http://www.guiadopc.com.br/analises/25156/review-ubuntu-12-04-lts.html

LTSP

Entretanto, apesar do recomendado ser uma máquina relativamente nova, é possível sim usar o Edubuntu em máquinas antigas. A “mágica” quem faz é o LTSP, falado na parte da instalação, lá em cima. LTSP significa “Linux Terminal Server Project”.

Com o LTSP, as possibilidades do Edubuntu são inúmeras. É possível usar um bom computador como servidor e possuir um parque de computadores antigos, que seriam descartados, como Thin Clients (terminais leves). Os terminais serviriam apenas para acessar o servidor, que virtualizaria e processaria todo o sistema. A redução de custos seria imensa e possibilitaria a formação de grandes projetos de inclusão digital.

Epoptes

Não seria possível um ambiente educacional sem os olhos do mestre ou mesmo dos pais. Com o Epoptes é possível criar um controle sobre a turma a fim de direcionar comportamento e restringir outros.

O Epoptes é um aplicativo que faz tudo isso, possibilitando o gerenciamento de computadores na rede. Com o programa, que já vem instalado no Edubuntu, permite ao comandante do sistema administrador:

  • Monitorar clientes;
  • Visualizar telas;
  • Acessar a tela para auxílio;
  • Enviar mensagens;
  • Criar restrições;
  • Bloquear tela;
  • Reiniciar e desligar máquinas.
Edubuntu 12.04 - Epoptes

Apesar do nome grego, Epoptes é totalmente traduzido para o português / Imagem: Epoptes.org

Sistema de Suporte de Longo Prazo

Edubuntu 12.04, assim com o Ubuntu 12.04, é uma versão LTS, que significa “Long Term Support”, ou em tradução livre “Suporte de Longo Prazo”. Com ele será possível obter atualizações completas, sem precisar atualizar todo o sistema, por 5 anos. Caso instale agora, o computador com o sistema poderá ficar com a versão 12.04 até o ano de 2017.

Pode parecer pouco se comparado ao Windows, mas dentro do contexto não é. 5 anos é muito tempo, principalmente para uma distribuição que tem um ciclo de desenvolvimento muito acelerado. Após 5 anos, ou antes, é possível atualizar o sistema de graça, pois não há requisito de compra de licença.

O maior defeito

Sem dúvida o maior defeito do Edubuntu está na usabilidade. Não, não se trata de qualquer dificuldade em operar o sistema em si, mas da organização dos programas e da descrição dos mesmos.

Na lista de programas, descritos acima, é difícil imaginar o que cada um faz. Não há descrição alguma no sistema e por isso é preciso pesquisar a respeito, as vezes até fora da Central de Programas, que contém descrições em inglês muitas vezes. Como alguém saberia que o Laby é para aprender a programar? Como alguém saberia que o Kig é para geometria?

Edubuntu 12.04

Não há qualquer descrição dos programas no menu. Uma falha importante, principalmente para uma distribuição para fins educacionais

Conclusão

Edubuntu 12.04 rodando em um Asus 1215B

Edubuntu 12.04 rodando em um Asus 1215B

Edubuntu está preparado para o que promete. O sistema não é perfeito, e deixa a desejar na organização e descrição dos programas. Entretanto a distribuição é uma ferramenta quase completa para a educação, transformando computadores em peças importantes para a propagação do conhecimento e pra o desenvolvimento humano.

Com o Edubuntu é possível criar ambientes próprios para o meio escolar e criar um parque tecnológico de baixo custo, conseguindo realizar uma significativa inclusão digital.

Então caso esteja interessado, use e recomende para sua escola ou universidade o Edubuntu:
http://www.edubuntu.org

sobre o autor
"Tem vinte e poucos anos. É ex-graduando de Ciências da Computação e bacharel em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina. Já foi bolsista de informática jurídica e participantes de projetos relacionados, como BuscaLegis e Governo Eletrônico. É um grande entusiasta de software livre e blogueiro por gosto."
  • Gustavo

    Muito bom!
    Passei do Xubuntu, para ele e estou curtindo bastante (P.S. estou usando o Gnome Classic) aqui ele tá bem estável com o consumo não chegando nem a 1GB mesmo abrindo muita coisa. Coisa que no Windows 7 X64 chega num piscar de olhos.
    Guilherme Macedo, o Edubuntu ficou bem rápido no seu 1215B? Você fez todo o review utilizando ele?
    Porque rodar Windows 7 nesses netbooks eu não curto muito não, acho que o desempenho deixa a desejar.

    Usando Firefox 13.0 Firefox 13.0 em Windows 7 x64 Edition Windows 7 x64 Edition
    • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

      Fiz a análise rodando no netbook sim. E toda família Ubuntu roda muito rápido no Asus 1215B.
      .
      O único porém é em relação ao driver ath9k da placa wireless. O modelo AR9285 não funciona como deveria em uma rede com sinal fraco.
      Aqui fala sobre isso:
      https://bugs.launchpad.net/ubuntu/+source/linux/+bug/773154

      Usando Firefox 14.0.1 Firefox 14.0.1 em Ubuntu 12.04 x64 Ubuntu 12.04 x64
  • Maurício

    Quem olha rapidamente diz que é o próprio Ubuntu ^^

    Usando Google Chrome 21.0.1180.60 Google Chrome 21.0.1180.60 em Windows 8 x64 Edition Windows 8 x64 Edition
  • Leandro de souza

    Melhor que o linux educacional

    Usando Google Chrome 21.0.1180.57 Google Chrome 21.0.1180.57 em Mac OS X 10.7.2 Mac OS X 10.7.2
  • sHiNoBi

    Parece interessante, pena que tudo eh complicado e cheio de arrudeio.

    Usando Firefox 14.0.1 Firefox 14.0.1 em Windows 7 x64 Edition Windows 7 x64 Edition
  • Thiago Tecedor

    Parabéns pelo Post Guilherme! Estou baixando nesse momento a distribuição para testes.

    Usando Google Chrome 21.0.1180.57 Google Chrome 21.0.1180.57 em GNU/Linux GNU/Linux
  • http://www.guiadopc.com.br AeonfluX

    Nem li, perguiça de ler tanto

    Usando Firefox 14.0.1 Firefox 14.0.1 em Windows 7 Windows 7
  • Rafael

    Realmente o nome dos programas é um problema. Não dá pra saber qual é de qual matéria.

    Usando Google Chrome 21.0.1180.60 Google Chrome 21.0.1180.60 em Windows 8 Windows 8
  • batorolo

    legal, boa iniciativa

    Usando Chromium 18.0.1025.168 Chromium 18.0.1025.168 em Ubuntu 12.04 x64 Ubuntu 12.04 x64
  • Nelson

    É uma boa distribuição, mas não troco o meu LinuxMint por mais nada. rsrsrs

    Usando Firefox 14.0.1 Firefox 14.0.1 em Ubuntu Ubuntu
  • Leonardo

    Admiro toda a familia ubuntu.
    Gostaria muito de utilizar o ubuntu no meu netbook asus 1215B. Mas infelizmente quando tentei instalar aconteceram 2 problemas:
    1- ele não voltava da suspensão
    2- Por algum motivo ele não achava nenhuma rede wi-fi.
    Acho que terei que continuar com o windows :-(

    Usando Internet Explorer 9.0 Internet Explorer 9.0 em Windows 7 Windows 7
    • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

      É. Ele congela na suspensão.
      E o problema do wireless é mais grave e inclusive já postei minhas reclamações no Launchpad. Falaram pra testar com os novos “kernels”, mas não fiz isso ainda.
      https://bugs.launchpad.net/ubuntu/+source/linux/+bug/773154

      Usando Firefox 14.0.1 Firefox 14.0.1 em Windows 7 x64 Edition Windows 7 x64 Edition
      • Leonardo

        Contigo também ocorre problemas na suspensão. Pensei que fosse só comigo. É uma pena, acho que terei então que esperar mais um tempo por uma nova versão do ubuntu ou talvez comprar um novo notebook, de preferencia com placa de video intel.
        Tinhas muitas dúvidas em relação a qual drive utilizar, o aberto ou o proprietário. Tivesse problema neste aspecto?

        Usando Google Chrome 21.0.1180.75 Google Chrome 21.0.1180.75 em Windows 7 Windows 7
  • http://www.oficinaspedagogicasdf.blogspot.com.br Ediberto

    Caro Guilherme, muito boa sua matéria. Desde o ano passado que bani o Windows do meu notebook e nas inúmeras experimentações com as inúmeras distros existentes no mundo Linux, acabei adotando o Edubuntu. Não entro no mérito do melhor/pior.
    O que importa é o uso que você faz do computador. Como professor de escola pública , sou um grande entusiata e divulgador do Linux e a grande vantagem do EDUBUNTU x LINUX EDUCACIONAL para mim, usuário comum, é a questão das atualizações e instalações dos pacotes. A central de programas do Ubuntu é fantástica. E finalizando….viva o software livre afinal LIBERDADE NÃO TEM PREÇO….

    Usando Firefox 14.0.1 Firefox 14.0.1 em Ubuntu Ubuntu
    • Murilo

      Eu utilizava Ubuntu no meu computador, mas devido à muitas limitações “BANI” o Linux daqui.
      Para o meu uso não existe nada melhor do que Windows.
      Afinal, “eficiência não tem preço”.

      Usando Google Chrome 21.0.1180.75 Google Chrome 21.0.1180.75 em Windows 8 x64 Edition Windows 8 x64 Edition
  • Ediberto

    Sim Murilo, depende do uso que você faz do computador/internet.
    Utilizo Linux, Windows e estou repondendo de um iPad, sem preconceito em relação aos SO’s.
    Nos LIE’s utilizamos o Linux, tema desta excelente matéria que estamos comentando e não possuímos anti vírus instalado (provavelmente com Windows sem anti vírus seria o bicho…).
    Para meu trabalho inicial de inserção dos meus alunos no mundo digital, que consiste em ler, escrever, pesquisar e produzir conteúdos, “qualquer” sistema operacional serve.
    Esta corrida sem fim pelas aparência, a grande magia que as modernas telas nos encanta, tudo isso agora em 3D, que nos leva anessa loucura por hardware…
    Não podemos perder de mente que estamos no Brasil, cujos investimentos em educação estão longe do ideal e que o abismo entre os inforicos x infopobres é cada vez maior….

    Usando Safari 5.1 Safari 5.1 em iPad iOS 5.1.1 iPad iOS 5.1.1
  • f. lon

    Tempos atrás escrevi “O Copo Patenteado”, feito pra demorar só o tempo de beber água. Mas, puxa-vida! Como custava caro aquele copo dágua! Porque tinham reaparecido todos os inventores de tudo neste mundo e, legítimos ou não, cada um deles ganhara direito de patente. As mil sutilezas de um copo dágua, antes nem percebidas, agora custavam. E a conta ia desde a forma oca do copo, a natureza mais ou menos longa do copo, seu vidro, suas mil fórmulas, o cadinho onde derreter o vidro, o molde para o cadinho, a técnica de fazer molde para o cadinho, e para o copo, os materiais de fazer moldes, as máquinas de moldar moldes até, encutando a lista, o fogo, primeira patente reconhecida, e o fósforo de acender o fogo, de onde se chegava até a pólvora das cabeças dos fósforos. Ao todo, resultado é que umas cento e cincoenta patentes haviam transformado o beber água num direito para bem poucos. Não que faltasse água, muito pelo contrário.
    O conto acabava com um anúncio, fazer concha com as mãos pra beber direto na fonte sairia mais caro ainda. Por culpa de outras patentes, porque uns procuradores dos deuses haviam sido dos primeiros a comparecer nos tribunais e, mesmo sem firma reconhecida…

    Conhecimento não tem dono, macacada! Não pode ter dono. Quando se legitima propriedade sobre algum invento, legitima-se o roubo da invenção de tudo que veio antes, todos os trabalhos e invenções humanas que tornaram possível mais um passo adiante. Qualquer invenção, por maior que seja, é só um passo adiante. Numa trilha que percorremos desde que descemos das árvores!

    Alternativa a isso? Oras, é o mundo em que estamos, esse mundo em que um Sistema (não-operacional) tenta esconder de todos que é só um enormíssimo suicida. Que matará o mundo por esgotamento, como fazem certas formigas. Problema do Consumo, só esse: que o formigueiro humano não tem pra onde mudar-se. Morrerá por falta de tudo, soterrado em lixo, gente empilhada em gente. Em mortalhas de lucro.

    ——————

    Usando Firefox 11.0 Firefox 11.0 em GNU/Linux x64 GNU/Linux x64
  • Ricardo Berti

    Parabéns pelo artigo. Utilizo o Linux Educacional na escola onde trabalho e só não troquei ainda pelo Edubuntu por conta do suporte que o LE me dá para, na mesma CPU, utilizar dois monitores, dois teclados e dois mouses, como se fosse 2 copmutadores. Você conhece alguma solução parecida em alguma distribuição linux mais elaborada como o Edubuntu? Diferente do LTSP no LE eu tenho dois periféricos na mesma CPU.

    Usando Firefox 14.0.1 Firefox 14.0.1 em Ubuntu Ubuntu
  • Rodrigo

    É interessante, mas eu ainda prefiro o linux mint. Eu instalei vários programas educacionais nele.

    Usando Opera 12.02 Opera 12.02 em Windows Vista Windows Vista
  • Leandro

    Já testasse o funcionamento do ubuntu 12.10 neste Asus 1215B?

    Usando Google Chrome 22.0.1229.94 Google Chrome 22.0.1229.94 em Windows 7 Windows 7
    • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

      Ainda não. Mas já vamos saber na análise após o lançamento :)

      Usando Firefox 16.0.1 Firefox 16.0.1 em Ubuntu 12.04 x64 Ubuntu 12.04 x64
      • Leandro

        Testei o Ubuntu 12.10.
        Continua dando problema com a placa de rede atheros ar9285 do meu net asus 1215b.
        Estou decepcionado com este sistema. Eu quero migrar mas eles não conseguem fazer um bom suporte a hardware…. O jeito é migrar pro windows 8.

        Usando Google Chrome 22.0.1229.94 Google Chrome 22.0.1229.94 em Windows 7 x64 Edition Windows 7 x64 Edition
        • http://sinapseslivres.com.br Guilherme Macedo

          O sistema tem ótimo suporte a hardware. Ele identifica quase tudo por padrão, mais que o Windows. Mas alguns componentes existem problemas. Um deles é essa placa wireless Atheros. Outros modelos funcionam perfeitamente, mas esse não.

          Usando Google Chrome 27.0.1453.94 Google Chrome 27.0.1453.94 em Windows 7 x64 Edition Windows 7 x64 Edition
  • andré

    Uma dúvida, os programas em si são dificeis de aprender a usar? sao em portugues?
    Grato

    Usando Firefox 21.0 Firefox 21.0 em Ubuntu x64 Ubuntu x64
  • Fernando Henrique dos Santos

    Gostei muito da matéria.
    A mais completa sobre o edubunto que já vi.
    É uma pena ainda hoje, pós lançamento do Edubuntu 14.04, tenhamos ‘problemas’ como a organização dos programas e seus nomes. Espero que em breve essa questão seja solucionada para que em nossas escolas não continue havendo tanta ‘intriga’ em se usar Linux.

    Usando Unknown Unknown em Unknown Unknown
  • Calumbi

    Parabéns excelente matéria, pois como conheci um pouco deste SO, usarei no meu PC. Eu Havia baixado este SO, mas não sabia como utiliza- lo

    Usando Unknown Unknown em Unknown Unknown